As Telas e o impacto na vida dos nossos filhos


👩‍👦‍👦 A era digital trouxe consigo um mundo de oportunidades, mas também desafios, especialmente para nossas crianças e adolescentes. O uso excessivo de telas, como smartphones e tablets, pode trazer consequências significativas para seu desenvolvimento e bem-estar. 🤔 É essencial lembrar que o equilíbrio é a chave. O tempo gasto em frente às telas pode afetar a qualidade do sono, o desempenho escolar e até mesmo as habilidades sociais. É importante incentivar atividades ao ar livre, interações face a face e hobbies que não envolvam dispositivos eletrônicos. 🧠 O cérebro em crescimento dos jovens é especialmente sensível à estimulação constante das telas. O excesso de tempo online pode impactar a atenção, concentração e até mesmo a saúde mental. Estabelecer limites de tempo e oferecer alternativas saudáveis pode ajudar a mitigar esses efeitos. 🌟 Como pais, educadores e membros da comunidade, temos a responsabilidade de orientar e educar sobre o uso saudável da tecnologia. Criar um ambiente onde as crianças possam explorar o mundo real, aprender habilidades offline e manter conexões pessoais é essencial para o seu crescimento. Sou Renata Ribeiro, orientadora parental em educação positiva, facilitadora de relações familiares e mãe de 3 jovens de 23, 21 e 15 anos e nesse blog quero te ajudar a entender e a desvendar os mistérios e desafios da adolescência.

A adolescência é uma fase de grandes transformações físicas, emocionais e sociais na vida de um indivíduo. É nesse período que ocorrem mudanças hormonais, o desenvolvimento da identidade e a busca por independência. Compreender os desafios e necessidades dos adolescentes é essencial para estabelecer uma relação saudável e construtiva com eles.

É maravilhoso que você queira ajudar seu filho a equilibrar o uso de celular e jogos! A educação positiva oferece uma abordagem gentil e eficaz. Primeiramente, converse com seu filho sobre como usar o celular e jogar jogos de maneira equilibrada pode ser benéfico. Depois, juntos, definam regras claras sobre o tempo permitido para essas atividades.


Lembre-se de ouvir os sentimentos do seu filho e envolvê-lo na decisão das regras. Isso ajuda a dar a ele um senso de responsabilidade e controle. Modelar um comportamento equilibrado também é crucial; mostre a importância de passar tempo com a família, realizar atividades criativas e se exercitar.


Criar uma rotina consistente com horários específicos para o uso de dispositivos é uma ótima ideia. Introduza alternativas divertidas, como jogos de tabuleiro, artesanato ou esportes, para mostrar que há muitas maneiras interessantes de passar o tempo. Reforce o comportamento positivo do seu filho com elogios e, ocasionalmente, recompensas por seguir as regras.

Nesse vídeo vou te trazer 10 sugestões para melhorar essa relação.



1. Converse abertamente: Explique por que é importante equilibrar o tempo de celular e jogos com outras atividades. Ouça os sentimentos e opiniões do seu filho também.

2. Defina limites juntos: Estabeleçam regras juntos, definindo quanto tempo é adequado para usar o celular e jogar. Isso ajuda a dar a ele um senso de controle.

3. Modelo de comportamento: Seja um exemplo equilibrado. Se você também mostrar interesse por atividades offline, seu filho provavelmente seguirá.

4. Crie uma rotina: Tenham horários específicos para o uso do celular e jogos. Isso ajuda a criança a se adaptar gradualmente.

5. Espaço para outras atividades: Forneça alternativas interessantes, como esportes, arte, leitura, etc. Mostre que há muitas coisas legais além dos dispositivos.

6. Incentivos positivos: Reforce o bom comportamento com elogios, sempre que ele respeitar os limites estabelecidos.

7. Tempo em família: Planeje atividades que envolvam toda a família, como jogos de tabuleiro ou passeios ao ar livre.

8. Defina um horário "sem tela" antes de dormir: Isso ajuda a criança a relaxar e ter um sono melhor.

9. Compreensão e flexibilidade: Às vezes, pode haver exceções. Seja compreensivo em situações especiais.

10. Consequências naturais: Se as regras forem quebradas, explique as consequências de forma lógica e tranquila.

💡 Em resumo, as telas são ferramentas valiosas, mas seu uso deve ser equilibrado. Capacitar nossos jovens a usar a tecnologia de forma consciente, enquanto priorizam experiências offline, é fundamental para ajudá-los a prosperar em um mundo digital e real.


Lembre-se, a educação positiva é sobre conexão e compreensão. Mantenha o diálogo aberto, esteja disposto a ser flexível em situações especiais e explique as consequências de maneira lógica se as regras forem quebradas. Com paciência e amor, você está no caminho certo para ajudar seu filho a desenvolver hábitos saudáveis em relação ao uso de dispositivos!

Fico por aqui e te convido para me acompanhar no Instagram, por lá podemos interagir mais e até consigo te ajudar!

Lembrando que escrevi um E-book para te orientar com as relações familiares nessa fase tão importante, para ter acesso CLIQUE AQUI.

Escreva nos comentários se fez sentido para você e se ampliou a tua visão sobre essa nova maneira de lidar com seu filho!

Bjs e até!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GENTILEZA E FIRMEZA, é possível conciliar essas duas virtudes na educação dos filhos?

AUTOESTIMA - Como fortalecer a autoestima do meu filho?